Comunidade

Comunidade São Cristóvão (Centro Comunitário) Rua D ,186 - Boa Vista

O Bairro em que moramos existe, aproximadamente, desde 1979. É um bairro simples, humilde e muito carente. No início eram mais ou menos dez moradores: Sr. Davi / Dona Zali, Sr. Adair / Dona Marina, Sr. Mauro / Dona Augusta, Sr. Renato / Dona Maria, Sr. Angelis Bernardo Gomes e família, Dona Tina, Dona Rosa, Sr. Joaquim e família, entre outros. Vivíamos muito unidos, por isso sabíamos que a necessidade de melhoria era muito grande.


Este sentimento de comunidade tomou forma com uma missa celebrada pelo Padre Antônio em 23 de maio de 1984. Naquela ocasião foram discutidos os problemas enfrentados por todos no bairro, mostrando-se a necessidade de se trabalhar junto e de se construir uma comunidade unida para lutar por melhorias em beneficio de todos. Com animação, entusiasmo e muita ajuda das pessoas foi reservada uma área: um lote foi doado pelo Sr. Angelis Bernardo Gomes e o outro foi comprado pela comunidade com apoio de Dom Lara, por intermédio do Padre Antônio. Foi então construído com a colaboração de várias pessoas o Centro Comunitário, pois a comunidade entendeu que este seria de mais utilidade que uma igreja, por ser um bairro muito carente. O Sr. Itagiba, da Comunidade Santa Rita, nos ajudou muito na organização.


O nome provisório foi Salão Paroquial Coelhos, mudado depois, através de votação para Salão Paroquial Nosso Senhor dos Passos, mas o nome não satisfez à comunidade, que preferiu mudá-lo para Centro Comunitário São Cristovão, por causa de sua devoção e serviço a Deus. O Sr. Geraldo e Sra. Maria da Luz fizeram a doação da bandeira e da imagem do padroeiro.


Começava, assim, nossa caminhada para uma vida melhor. Eram muitos os objetivos a serem buscados, pois sendo um lugar de difícil acesso teríamos que alcançar mais. A comunidade se uniu e conseguiu junto ao Prefeito Germin Loureiro algumas melhorias: asfalto, calçamento, rede esgoto, acesso ao transporte urbano, o que facilitou nossa sobrevivência. Agora só falta uma escola no bairro. Também o vereador João Bosco Pascoal muito nos ajudou.


O certo é que, se antes éramos conhecidos como moradores dos “Coelhos”, “Goiabeira”, à medida que o tempo vai passando, começamos a ser reconhecidos como bairro. Colocaram o nome de “Boa Vista”. Mais do que justo, pois estávamos progredindo e merecíamos ser “bem vistos” . O nome veio a combinar com a visão de uma baixada verde e bonita.


Com o Centro Comunitário estruturado, estão atuando regularmente, na comunidade, as seguintes pastorais: Pastoral Familiar, da Criança, Liturgia, Catequese, Batismo, Clube de mães, Ministério da Música, Ministros da Palavra e Eucaristia, Missas, celebrações e outras atividades direcionadas aos moradores. A festa do Padroeiro é celebrada dia 25 de julho, com novena, carreata e muita festa.


Sempre contamos com a ajuda de várias pessoas da própria comunidade, de outros bairros e da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, através dos padres que nela trabalham ou trabalharam. Por isso tudo nos sentimos orgulhosos por nos conhecermos uns aos outros e fazermos parte de uma comunidade. Uma comunidade de gente amiga e carinhosa como a Dona Maria Santos Taveira, fundadora de nosso lar comunitário e o Sr. Joaquim que sempre bons exemplos nos dá São pessoas que ajudam a melhorar a vida nesta comunidade simples e humilde, mas sempre seguidora e discípula de Jesus Cristo.


FacebookWhatsAppTwitter