NATAL COM MARIA NA FESTA DE NOSSA PARÓQUIA

16 de dezembro de 2019

Na plena Alegria da festa de sessenta anos da criação da nossa Paróquia, queremos rezar por todos, pelas bênçãos de Deus, e lhes fazer os votos de Santo Advento, Feliz Natal e Abençoado Ano de 2020. A graça da Encarnação já se expressa na maravilha da transformação da natureza humana decaída na Imaculada Conceição da Virgem Maria, preservada do pecado pelos méritos de Jesus Cristo. E nela a humanidade vislumbrará seu próprio destino na redenção em Cristo, do pecado para a graça, para a participação na vida divina.

Esta participação na vida da graça é oferecida a toda a humanidade pela missão do Evangelho. O tempo do Advento, preparação para a celebração do Natal do Senhor, do Deus que vem, do Deus-conosco (Emanuel), reporta-se a todo o movimento de evangelização que partiu de Cristo para chegar aos confins do mundo, no espaço e no tempo. Vivemos a chamada CAMPANHA DA EVANGELIZAÇÃO, e QUARTA EDIÇÃO DA CAMPANHA NATAL SEM FOME. “Quem tem fome tem pressa” que a todos convoca para dar com alegria e efusão o dom recebido e experimentado: a vida no Amor de Deus. Como Maria, fecunda do Espírito dá à luz e ao mundo Jesus, hoje a Igreja – Corpo Místico de Cristo – Deus-conosco, com alegria e efusão do Espírito é enviada para o dom do Evangelho a toda criatura, a todos os recantos da vida, a todas as periferias da existência, a toda a terra. E de modo especial a todo o João Monlevade.

Em campanha todos somos convocados (chamados juntos) a testemunhar e anunciar as alegrias do Evangelho com meios espirituais e materiais. Uma palavra de Jesus a seus discípulos torna-se atual referência: “Dai de graça o que de graça recebestes.” (Mt 10,8) O Evangelho é a difusão do Amor. Da primeira agraciada, Maria – Mãe de Jesus – feita Mãe dos homens, recebemos a educação de filhos para esta difusão da graça. Onde a necessidade a que a mãe não seja levada a socorrer? Com Maria no Natal de Jesus durante todo o ano e toda a vida. O Evangelho não nos deixa mentir. Escute, leitor, o que ensinou Jesus: “vinde, benditos de meu Pai, recebei por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. Porque tive fome e me destes de comer…” E disse também: “apartai-vos de mim malditos para o fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos. Porque tive fome e não me deste de comer…” (Mt 25,31-46). Em linguagem religiosa significa que Deus criou o universo para o bem dos seres humanos, de todos eles. Esse princípio é a explicitação da dignidade inviolável da pessoa humana, criada à imagem e semelhança de Deus, a pessoa não pode ser instrumentalizada para nenhum fim. A ordem social deve ser tal que cada pessoa humana tenha reconhecida, na prática, sua dignidade e possa desenvolver-se até chegar a plenitude de sua humanidade. Com espírito cristão é que no dia 17/11/19, dia Mundial do Pobre, lançamos a 4ª Edição da Campanha Natal sem fome – “Quem tem fome tem pressa”! Betinho. Que irá até o dia 20/12/19, na solidariedade com Igreja Irmã da Prelazia do Marajó às Paróquias de Afuá e Chaves.

Um abraço fraterno, um Feliz Natal e Ano Novo para todos!

Padre Geraldo Reis, Padre Marco José e Seminarista Robson Afonso

FacebookWhatsAppTwitter