Ano Novo, novas esperanças

26 de janeiro de 2021

Encerramos mais um ano pastoral com esperança de dias melhores e iniciando o ano novo de 2021 com o coração em júbilo diante de tantas bênçãos e graças que o Senhor derramou sobre cada um de nós. O ano que passou foi muito difícil e de trabalho para todos, mas seguimos firmes, animados pelo Espírito de Deus e confiantes em sua proteção. Olhando para trás, vemos uma Igreja que caminhou se ajustando mesmo em dificuldades em comunhão e na unidade na busca de um mesmo “Sonho missionário de chegar a todos”.

Num gesto muito significativo, o Papa Francisco esteve em Assis, cidade de São Francisco, no mês de outubro, ali assinou sua nova encíclica “Fratelli Tutti” (Todos Irmãos). O tema desta encíclica é a fraternidade e a amizade social. Ele quer destacar o convite a um amor que ultrapassa as barreiras de geografia e espaço, como diz na introdução. Afirma que não pretende resumir a doutrina sobre o amor fraterno, mas detêm-se na dimensão universal do amor, na abertura a todos, para criar um mundo sem fronteiras e sem barreiras.

Nossa sociedade ainda vive centrada na expressão das necessidades e é ela que reordena a produção e o consumo. Somos cada dia mais pessoas que necessitam de muitas coisas para viver bem. A certa altura nos perguntamos: Mas o que é mesmo necessário, ou qual é o mais necessário? Acabamos de celebrar o Natal e é a partir deste acontecimento, o nascimento de Jesus, o Filho de Deus, que podemos responder a esta pergunta. Jesus nascendo em pobreza nos indica que o mais necessário não é possuir, ter, mas como sabemos, o mais necessário é “ser” uma pessoa plenamente humana. Hoje corremos o risco de perder nossa “humanidade” e centrar ou apostar nossa vida na satisfação de inúmeras necessidades que nos obrigam a cada dia ter mais e mais. Jesus nos ensina com gestos, mais que palavras, a valorizar o encontro. Ele veio ao nosso encontro, assumindo nossa humanidade. Queremos em nome de toda nossa Paróquia agradecer ao Padre Geraldo Reis pelos três anos de serviço pastoral dedicado ao Reino de Deus entre nós e que o bom Deus lhe abençoe e proteja na missão de pastor do rebanho que lhe é confiado. Nossa gratidão por tudo vivenciado conosco na Paróquia Nossa Senhora da Conceição!

Que este ano, que estamos iniciando, nos traga a paz, que é dom de Deus, mas também, fruto de nosso esforço por criar comunhão e união entre nós.

Abraços fraternos a todos!

Pe. Marco José Almeida, Pe. Anderson Ferreira Teixeira, Pe. Geraldo Ildeo Franco, Diácono Geraldo Luciano e Seminaristas Robson e Wellington

FacebookWhatsAppTwitter