Nota de Esclarecimento

28 de outubro de 2020

Na última segunda-feira (26/10), a Igreja Matriz estava aberta para visitação como de costume, e por volta das 10h40 uma funcionária responsável pela higienização do templo foi surpreendida pelas costas por um assaltante no qual roubou seu telefone celular e a agrediu com chutes na cabeça e pescoço a jogando no chão. No momento não havia nenhum fiel na Igreja. Ao pedir socorro foi rapidamente socorrida por outros funcionários e por padres presentes. A Polícia Militar foi acionada, e após o boletim de ocorrência a vítima foi acompanhada por outra funcionária até o hospital para receber atendimento. A vítima está em observação e aguardando o resultado de exames. Lamentamos o ocorrido e clamamos a misericórdia de Deus, para que acontecimentos como esse não voltem a ocorrer.

FacebookWhatsAppTwitter